LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sábado, 28 de março de 2009

Eleitor põe a boca no trombone

JOSÉ AGRIPINO, O DEM E A CAMARGO CORRÊA

Enviado em 27/03/09 às 20h44min por Ailton Medeiros

Do leitor PC Maria:

Ailton, Nas colunas internas da “Folha de S. Paulo”, escondido no “O Globo” e escancarado na blogoesfera, está a prestação de contas da Camargo Correia junto ao TSE em 2008.

São R$6.8 milhões de doações legais e entre elas não consta a do José Agripino, nem transação legal a partir da conta pessoal da presidente Fátima Lapenda.

O diretório estadual do DEM-RN não está na lista do TSE. Não existe o registro de R$ 300 mil de repasse da CC para o DEM-RN em 2008.

A nota apresentada ontem pelo JA era falsa. O que existe são trechos das escutas telefônicas feitas durante a operação - fase de inquérito - que envolvem as irregularidades praticadas pela CC, onde o JA aparece como beneficiário de dinheiro contabilizado “por fora”.

O que se configura, crime fiscal e corrupção ativa. Procurem os jornais, sites e noticiários da TV, inclusive da Record, que vocês vão apreender o que estou falando.
(http://www.ailtonme deiros.com. br/)

Nenhum comentário: