LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 2 de junho de 2009

Abutres atacam de novo

Aqui em Ipiaú,tem um blog que fez isso; os abutres estão em todos os lugares!

Mais uma tragédia, a queda de um avião da Air France, e quando todos deveriam estar consternados, a oposição jornalística repete o deplorável episódio dos acidentes da TAM e da GOL, e querem tirar proveito eleitoral, em completo desrespeito às vítimas.

São abutres que estão, cinicamente, buscando argumentos para explorar a tragédia e testar novas hipóteses sobre o "caos-aéreo", em completo desrespeito às vítimas e seus familiares, querendo, à força, envolver o nome do presidente Lula em um trágico acidente, que nada tem de político.

A Helena já adiantou o fato na nota abaixo. Nosso repúdio continua.

É deplorável a nota desse blogueiro:


Pegando o gancho no fato do presidente da frança, Sarkozy ter ido ao aeroporto, o blogueiro se empolgou ao enxergar ali uma oportunidade para atacar o presidente Lula.

Primeiro publicou uma mentira, uma barrigada, ao dizer que o presidente teria preferido viajar para a posse em El Salvador, em vez de prestar solidariedade às vítimas indo ao aeroporto. O desmentido, o próprio blogueiro foi obrigado a publicar, como "correção" no fim do texto (ver figura), pois estava em desacordo com a notícia do próprio portal Globo, onde hospeda aquele blog.

Outra barrigada foi quanto ao número de Brasileiros, que o barrigueiro diz ser 80, e a Air France já disse ser 56.

E outra barrigada foi que o presidente em exercício, José Alencar, foi prestar apoio no Aeroporto do Rio, inclusive a pedido do presidente Lula.

Persistindo no erro, e na exploração política indevida da tragédia, o blogueiro ainda insinua que "Nada impede que [Lula] volte a qualquer momento, caso queira".

Ora, o governo Lula já manifestou condolências, disponibilizou aviões da FAB e embarcações da Marinha para fazer busca ao avião desaparecido, desde que foi comunicado, e o presidente em exercício José Alencar foi prestar apoio pessoalmente no Rio, da mesma forma que Sarlozy fez na França.

Além disso, é descabido comparar com Sarkozy. A Air France é uma empresa francesa, a fabricante do avião Airbus é francesa, e a Europa vive sob tensão de ataques terroristas (o que está sendo considerado pouco provável, mas ainda é cedo para descartar todas as hipóteses).

No Brasil, a tragédia é um acidente, não tem conotações políticas, e nem o mais reacionário neocom cogita um ataque terrorista perpetrado por brasileiros.

No momento, as famílias dos passageiros brasileiros não querem saber de atos políticos, querem informações. Querem que a FAB faça o que está fazendo, buscas. Há quem ainda tenha esperança de encontrar sobreviventes, ou de algum familiar que iria viajar e não tenha embarcado, ou cancelado o vôo. Não faz o menor sentido cobrar do presidente Lula, que interrompa uma viagem oficial internacional, para comparecer no Aeroporto do Rio, principalmente quando o vice ocupando a presidência, José Alencar e o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, foram ao Aeroporto pessoalemente, colocando-se à disposição dos familiares das vítimas para prestarem o apio naquilo que pudessem ajudar.

Só pela cabeça de abutres, que só pensam em se dar bem eleitoreiramente, que se passa uma idéia dessas.


http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/


Nenhum comentário: