LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Vamos responder estas perguntas?

Agência Carta Maior faz perguntas que incomodam

1 - Por que, a exemplo do que fez tantas vezes com o PT, a mídia não parte do fato policial para resgatar o passado e o presente das relações políticas do demo José Roberto Arruda?

2 - Por que esquece -- ou esconde?-- entre outras coisas, que Arruda foi nada menos que líder de FHC na Câmara Federal?

3 - Por que a mesma amnésia subtrai ao leitor que Arruda era a grande -- e única -- 'revelação administrativa' dos demos [sobretudo depois do fiasco Kassab], e nome natural' para ocupar a vice-presidência na coalizão demotucana liderada por Serra?

4 - Por que, súbito, abriu-se um precipício de silencio midiático sobre as relações entre Serra e Arruda, omitindo-se, inclusive, 'o simpático' simbolismo da sintonia capilar entre ambos -- mencionada por ninguém menos que o próprio governador tucano em evento conjunto em 2009?

5 - Por que a obsequiosa Eliane Catanhede, da Folha, e os petizes da Veja, que tantas e tantas linhas destinaram a enaltecer a determinação de Arruda em 'cortar o gasto público' -- e ainda o fazem na ressalva ao 'bom administrador que tropeçou na ética', segundo Catanhede -- sonegam aos seus leitores a auto-crítica pelo peixe podre que venderam como caviar?

6 - Por que, enfim, o esfarelamento da direita nativa abrigada nos Demos não merece copiosas páginas de retrospectiva histórica, que situe para os leitores a evolução daqueles que, como Arena e PFL, foram esteio da ditadura e da tortura e hoje são os aliados carnais de José Serra?

Fonte: Carta Maior e a Quarta-feira de Cinzas da mídia demotucana)

Nenhum comentário: