LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

domingo, 16 de maio de 2010

Lula fez justiça ao comparar a vida de Dilma com a vida de Nelson Mandela

(Maravilhoso esse texto de Oldack Miranda)

http://bahiadefato.blogspot.com/
15 de maio de 2010

Os políticos fascistas do DEM/PSDB estão inconsoláveis. O programa de PT (15/05) mexeu com essa gente. Eles pensavam que podiam enganar todo o Brasil caluniando Dilma Roussef. A idéia era taxar Dilma Roussef de “terrorista” por ter lutado contra a ditadura militar. Então veio o programa do PT em que o presidente Lula comparou a vida de Dilma com a vida de Mandela.

O blog “Os amigos do presidente Lula” lembrou bem. Dilma e Mandela são dois rebeldes com causa. Dilma lutou contra a ditadura, Mandela lutou contra o apartheid. Dilma enfrentou a prisão, como Mandela. Dilma enfrentou a tortura, como Mandela. Diante de ditaduras terroristas, Dilma e Mandela militaram em partidos de esquerda e integraram grupos guerrilheiros rebeldes e clandestinos. Os dois participaram ativamente do processo de redemocratização, Dilma no Brasil, Mandela na África do Sul. Mandela foi eleito presidente, Dilma está em campanha pra presidente.

Nelson Mandela foi taxado de “terrorista” pelos Estados Unidos e pelo regime racista da África do Sul. Dilma Roussef foi taxada de “terrorista” pelos militares torturadores e igualmente está sendo caluniada como “terrorista” pela campanha fascistóide do DEM/PSDB na Internet e nas páginas dos jornalões brasileiros.

Mandela foi taxado de “terrorista” pela mídia do Grupo Naspers, Dilma foi taxada de “terrorista” pela revista Veja, que pertence ao Grupo Abril controlado pelo Grupo Naspers.

Nelson Mandela ficou na lista negra do “terrorismo” dos EUA até 2008. Dilma continua na lista negra do “terrorismo” da campanha de Serra.

O presidente Lula, ao comparar a vida de Dilma com a vida de Mandela, desarmou a metralhadora da campanha fascista de José Serra.

# posted by Oldack Miranda @ 6:31 PM 0 comments

Nenhum comentário: