LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O Brasil dos brancos é rico. Dos negros é muito, muito pobre


Por que a senadora Katia Abreu não mobiliza sua base para abolir a escravatura ?

Na CBN: bancada ruralista não deixa votar a abolição da escravatura



O Conversa Afiada chama a atenção do amigo navegante para a importante entrevista de Bernardo Sakamoto na CBN, onde denuncia: a bancada ruralista não deixa a Câmara votar a abolição da escravatura no Brasil.

Parece brincadeira.

Pense nisso com seriredade.

Sakamoto é do Movimento pela Abolição da Escravidão no Brasil.

E leia aqui um resumo da entrevista que fiz na Record News com o professor Marcelo Paixão, que trata dos escravos negros no Brasil, HOJE.

E sinta vergonha da Câmara dos Deputados:

E deseje os melhores votos ao Ali Kamel, que diz que nós (nós quem ?) não somos racistas.

O Brasil dos brancos é rico. Dos negros é muito, muito pobre

Prof Paixão: quando o Brasil terá os índices do Brasil só dos brancos ?


O programa Entrevista Record Atualidade que a Record News exibiu ontem mostrou uma entrevista com o professor Marcelo Paixão, do Instituto de Economia da UFRJ.

Ele mostrou alguns dados que deveriam dar muito orgulho aos brasileiros (da elite):

Os negros brasileiros vivem seis anos menos que os brancos.

O número de analfabetos negros é o dobro do número de brancos.

A renda dos negros é a metade da renda dos brancos.

Os negros ficam dois anos a menos na escola que os brancos.

Se desmontarmos os números do IDH, índice do desenvolvimento humano, da ONU, veremos que se o Brasil fosse só dos brancos (O SONHO DA ELITE BRASILEIRA …) ficaria na 40a. posição do IDH.

O Brasil está na 70a.

Mas, se fosse só de negros, seria um país pobre africano e ficaria na 104a. posição.

Não, nada disso, nós não somos racistas.

Tanto assim, demonstra o professor Paixão, que entre 2003 e 2009 foram libertados 40 mil brasileiros.

Isso mesmo, amigo navegante, “libertados”, ou seja, abandonaram a posição de escravos, porque viviam em fazendas sob o regime servil: não recebiam remuneração para poder pagar dívidas impagáveis.

Desses 40 mil escravos, 73,5% eram negros.

Ora direis, mas o Brasil é um país negro.

Sim, 50,5% da população é negra.

Mas, dos escravos, 73,5% são negros.

Não, amigo navegante, o professor Paixão exagera.

Não, não somos um país racista.

A última coisa de que o Brasil precisa é de ações afirmativas, como, por exemplo, cotas para negros nas universidades.

Isso é recurso de país pobre, subdesenvolvido, como os Estados Unidos.

E viva a democracia racial do Brasil !

Viva !

Em tempo: para demonstrar que nós não somos racistas, recomendamos a leitura dos posts (EUA e Brasil se unem para combater o racismo. Ué, mas nós somos racistas ?, Chuíça (*): PMs de Serra espancam motoboy até a morte na frente da mãe e Polícia de Serra é racista e quis matar motoboy. Por que ele não criou uma Sec. de Segurança em SP? ) que tratam da morte do motoboy negro Eduardo, dentro de um quartel da PM de SP, e da transformação em réus, por crime racismo, dos PMS de São Paulo que mataram Alexandre, um motoboy negro.

Viva o Brasil !

Paulo Henrique Amorim
Artigos Relacionados

* Negros ainda são vítimas de escravidão.
Alô, alô Ali Kamel ! (37)
* Bomba ! Bomba ! EUA fecham embaixada no Brasil ! (96)
* Mino, Faoro, o PiG (*) e o Irã: “A elite brasileira é entreguista” (156)
* Melhorou a inclusão social entre FHC e Lula. Onde o Lula vai pendurar o FHC? Em que pescoço? (32)
* Mantega: O Brasil vai ser a quarta economia do mundo em 2025. Chora PiG(*) (44)

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2010/05/19/o-brasil-dos-brancos-e-rico-dos-negros-e-muito-muito-pobre/
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/05/27/na-cbn-bancada-ruralista-nao-deixa-votar-a-abolicao-da-escravatura/
.

Nenhum comentário: