LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 27 de julho de 2010

Serra mentiu de novo;Programa de Aids foi criado em 1983 no governo de Franco Montoro

O candidato tucano José Serra (PSDB) tem falado por ai, que é o responsável pelo "melhor programa de combate à Aids do mundo" e pela implantação dos remédios genéricos no país.Serra, já mentiu várias vezes, e já foi desmascarados por suas mentiras, como no caso do FAT e dos genéricos."Serra está capitalizando muita coisa que não é a realidade", disse o ex ministro Humberto Costa.

AIDS
O ex ministro, disse também que, o Programa de Aids foi criado em 1983 em São Paulo, no governo de Franco Montoro, então no PMDB e de quem Serra foi secretário do Planejamento.Portanto, mais uma vez José Serra mentiu.

O site do PSDB afirma que "Serra implantou um programa de combate a Aids considerado o melhor do mundo pela OMS (Organização Mundial da Saúde)".Outro questionamento é relacionado aos genéricos. A "paternidade" é do ex-ministro Jamil Haddad, do governo Itamar Franco."Serra ainda diz que foi ele quem fez o Programa de Saúde da Família. Não foi. Isso foi no governo Collor," afirmou o ex-ministro e candidato ao Senado Humberto Costa (PT-PE),

Nenhum comentário: