LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Isso não lhe diz nada?

Por Sônia Montenegro (*)

Tenho uma amiga muito querida, a Mari, que não gosta de política, mas como a grossa maioria dos analfabetos políticos do Brecht, tem posições conservadoras. Votou no Collor, FHC, Serra e Alckmin, e eu, como ela sempre soube, no Lula.

Na última eleição para prefeito, ela me ligou super feliz, achando que desta
vez votaríamos no mesmo candidato, o Gabeira, e qual não foi a sua surpresa,
quando lhe disse que eu não votaria nele de jeito nenhum (rs). Engraçado é
que o candidato natural dela deveria ser o Eduardo Paes, a quem já tinha
elogiado no tempo em que foi "prefeitinho" do Cesar Maia, mas ia votar no
Gabeira...

Mari agora diz que gosta do Lula e que votaria nele, se fosse candidato, mas
na Dilma ela não vota de jeito nenhum e quando perguntei por que, disse que
achava a Dilma um poço de antipatia.

- Mari, você está sendo influenciada pela mídia, disse eu, mas ela
protestou,
já que nem vinha assistindo os noticiários de TV ultimamente. Eu lembrei que
nós não estávamos elegendo a Miss Simpatia, mas a presidente do Brasil, e
perguntei: para tratar da sua saúde, você prefere um médico lindo, simpático
e incompetente ou um feio, antipático, mas competente?

- Mas Sonia, ela é terrorista...

- Qual foi o ato de terrorismo praticado pela Dilma?

- Ela assaltou banco, roubou o cofre do Ademar de Barros e matou soldados...

- Isso é o que a imprensa diz, retruquei, mas não prova. A Dilma é muito
míope, e na época não existia lente de contato e muito menos cirurgia para
corrigir miopia, razão pela qual ela não podia participar de ação armada.
Foi condenada pelos militares a menos de 3 anos de prisão, pena incompatível
com a das pessoas que participaram de ações desta natureza. Eu não concordo
que atos contra a ditadura possam ser chamados de atos terroristas, mas
ainda assim, a Dilma foi presa, torturada, condenada, cumpriu a pena que lhe
foi imposta, portanto, não deve absolutamente nada. Criminosos comuns
recuperam seus plenos direitos após cumprirem a pena a que foram
condenados, e eu fico pensando por que razão a imprensa fica buscando fatos
acontecidos há mais de 40 anos...

- Mas o que a Dilma fará quando tiver que ir aos EUA?

- Ué, Dilma já foi inúmeras vezes aos EUA, com e sem o Lula. A imprensa
cobriu e exibiu fotos... É o Gabeira (seu candidato), que não pode entrar
nos EUA por ter participado do sequestro do embaixador norte-americano
Charles Burke Elbrick.

Você não acha estranho que não tenha surgido nenhuma denúncia na imprensa
contra o Gabeira, cujo "crime" é conhecido em prosa e verso, livro e filme,
mas que tentem de todas as formas incriminar a Dilma, principalmente quando
é a candidata mais bem colocada nas pesquisas? Pelo contrário, o Gabeira
virou herói e a Dilma perigosa. Não lhe parece que são dois pesos e duas
medidas?

A imprensa e os demo-tucanos estão fazendo com a Dilma exatamente a mesma
coisa que fizeram com o Lula quando ele foi candidato e durante os seus
2 mandatos. Agora, diante da sua aprovação, o Lula virou um cidadão acima de
qualquer suspeita, e a Dilma é que é a bola da vez.

Mari ficou calada. Ia dizer o que, né? E eu completei: o Collor enganou a
você, mas não a mim. Você votou 2 vezes no FHC, e hoje reconhece que o
governo do Lula foi infinitamente melhor. Isso não lhe diz nada?


*Sônia Montenegro é analista de sistemas e mora no Rio de Janeiro. Mantém o blog “Farmácia de Pensamentos” e é colaboradora do blog “Quem tem medo do Lula?”
 
http://quemtemmedodolula.blogspot.com/

Nenhum comentário: