LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

domingo, 24 de outubro de 2010

ARMAÇÃO TUCANA?




Os indícios de que o PSDB tentou uma armação para ganhar popularidade multiplicam-se. Não bastasse Serra marcar uma passeata em frente ao sindicato dos agentes de saúde do Rio de Janeiro, um grupo furiosamente inimigo do tucano, por ele ter demitido sumaria e cruelmente 5.600 mata-mosquitos da cidade (quando foi ministro da Saúde do governo FHC), a sua comitiva partiu para cima dos sindicalistas, rasgando seus cartazes e agredindo pessoas. O próprio Serra, segundo reportagens, teria tentado "partir pra cima" dos manifestantes, sendo contido pelo Indio.

E depois veio a bolinha de papel propriamente dita. O vídeo acima, indicado pelo blog do Eduardo Guimarães, mostra um braço com camisa azul lançando-a, a roupa que todos os membros da comitiva tucana vestiam. E depois de receber um telefonema, ele começa a fingir passar mal e todos os caciques do partido iniciam uma cantilena para vitimizar o candidato. No dia seguinte, o seu vice, Indio da Costa, declarou num restaurante que Serra havia sido atingido com um objeto com "uns dois quilos", e que fez até barulho.

Pelo andar da carroça, o tuiteiros que inventaram a tag #serrarojas e depois #globomente (esta última está até agora no top do TT Brasil e Mundial), tinham razão...

Nenhum comentário: