LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Dinheiro do Povo




No município de Ipiaú, dias 20 e 21 de outubro de 2010, choveu 44,6 mm. O prefeito decretou “Situação de Emergência” por 90 dias alegando as fortes chuvas que caíram, causando inundações bruscas e enxurradas em toda a zona urbana e rural. É desumano querer desviar recursos reservados no orçamento da União para situações de calamidade pública. A receita do município em 2001 era de treze milhões de reais, em 2010 se aproxima de quarenta e cinco milhões de reais. A prioridade para alguns administradores públicos é a corrupção.
Muitos municípios usam meios para o desperdício do dinheiro com obras eleitoreiras. Em Ipiaú, a ex-prefeita Sandra Lemos deixou em 2008 sete milhões de reais, sendo R$ 1.556.365,00 para calçamentos que deveriam ter sido iniciados em janeiro de 2009, mas só aconteceu em 2010, ano eleitoral; o terreno não foi preparado, não substituiu a argila podre, não compactou o solo, nas primeiras chuvas a água vai se infiltrar danificando o calçamento.
A ex-prefeita deixou quatro milhões para construção de uma avenida, paralela à obra do parque da cidade que liga a BR 330 à BR Ipiaú-Ibirataia, com pista dupla, canteiro central, passeios; foi feito apenas um aterro de 85m². Deixou ainda dois milhões e setecentos mil reais, sendo um milhão e setecentos mil reais em restos a pagar, empenhados. Há empresas reclamando porque não receberam. O destino dos recursos com certeza o Tribunal de Contas dos Municípios vai apurar.
Cada dia que passa vejo como é importante o trabalho do Tribunal de Contas dos Municípios, da CGU – Controladoria Geral da União, do Ministério Público, da Polícia Federal como também das Polícias Civil e Militar. É necessário, dentro do possível, maior atenção dos governos Federal e Estaduais no orçamento dos mesmos para melhor condição de trabalho.
Vejo com satisfação o presidente Lula finalizando seu segundo governo com aceitação de 82% e ter conquistado a confiança de 96% dos brasileiros, inédito no mundo; a economia, a agricultura, o parque industrial, o comércio e o salário mínimo fortalecidos e a mais baixa taxa de desemprego do mundo. Devemos pedir a Deus que esse estilo de governo continue no Brasil e que o povo passe a acompanhar a administração dos municípios para dificultar a corrupção.

Por José Andrade Mendonça (Presidente da Câmara de Ipiaú)

Nenhum comentário: