LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 21 de junho de 2011

21.06.2011 - Marcelino Galo e Comissão de Saúde da Alba visitarão Xique-Xique e Ipiaú

Mesmo com a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) quase parando com os festejos juninos, a Comissão de Saúde e Saneamento da Casa realizou audiência pública e deliberou a respeito do novo cronograma de visitas aos hospitais da Bahia, durante toda a manhã desta terça-feira (21). O deputado estadual Marcelino Galo (PT) acompanhou os debates da bancada em relação à situação da saúde em Itabuna e sugeriu as audiências públicas nos municípios de Xique-Xique e Ipiaú - para discutir a situação da saúde e entender mais sobre o funcionamento da administração plena e das necessidades do setor.

 

Primeiro será o município de Xique-Xique, que receberá os deputados estaduais para conhecerem os dados e debaterem a estrutura e as demandas dessa região, a visita está marcada para o dia 2 de setembro de 2011. "É fundamental que o colegiado de deputados faça essa visita para entender mais a verdadeira situação da saúde no estado e conhecer as necessidades da população desta região", assegura Galo.

 

Já a visita ao município de Ipiaú ficou acordada para acontecer na primeira semana de novembro, dia 4, também para discutir a situação da saúde e dos profissionais da área. "Vamos organizar essa visita para que aconteça na Câmara de Vereadores e que os deputados tenham estrutura para debater sobre o tema e receber a população da região", afirma o parlamentar.

 

A Comissão ainda visitará os hospitais de Salvador como o Aristides Maltez e o Irmã Dulce que serão no dia 5 de julho, do Subúrbio no dia 8 de agosto, o de Custódia que será no dia 22 de agosto, além das viagens aos municípios de Itabuna (dia 12 de agosto) e Ilhéus (dia 26 de agosto), que também discutirá a saúde e a gestão dos hospitais de Itabuna, que se tornou alvo de críticas do governo do Estado e é questionada pela administração municipal. Para discutir esse assunto na Alba estiveram o secretário de Saúde de Itabuna, Geraldo Magela, a subsecretária estadual da Saúde Suzana Ribeiro e o superintendente da Central de Regulação do governo do Estado, Andrés Alonso.

 

Ascom do deputado Marcelino Galo

71 3115 7253



Nenhum comentário: