LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

segunda-feira, 13 de junho de 2011

CARTA DOS BLOGUEIROS PROGRESSISTAS DA BAHIA

O Encontro Estadual dos Blogueiros Progressistas da Bahia aprovou a Carta dos Blogueiros Progressistas da Bahia, que resume as deliberações do encontro, que também aprovou o documento “Plataforma livre para autonomia da blogosfera brasileira”, como indicação ao II Encontro Nacional dos Blogueiros Progressistas. Também aprovou uma Comissão Organizadora para encaminhar a criação da Associação dos Blogueiros Progressistas da Bahia.

CARTA DOS BLOGUEIROS PROGRESSISTAS DA BAHIA

A Bahia foi pioneira ao realizar em 2008 a Conferência Estadual de Comunicação, que apontou a necessidade de políticas públicas voltadas para a democratização da mídia e baseadas na comunicação como um direito humano. Avança com a criação do Conselho Estadual de Comunicação, recentemente aprovado na Assembléia Legislativa, com caráter deliberativo quanto às políticas públicas para o setor. A Secretaria de Comunicação do Governo da Bahia é outra conquista. Agora se realiza o 1º Encontro Estadual de Blogueiros Progressistas, reforçando a luta pela democratização da mídia.

Os blogueiros progressistas da Bahia se unem em torno das seguintes bandeiras:

- Novo marco regulatório legal no país que contemple as transformações da comunicação no Brasil e no mundo.

- Regulamentação dos artigos da Constituição Federal que impedem a concentração dos meios de comunicação, estimulam a produção independente e regional, além de fortalecer o sistema público de comunicação.

- Não utilização de recursos públicos para o aprofundamento da concentração midiática no país.

- Defesa da neutralidade na rede e de plataformas livres de produção e distribuição de informação.

- Universalização da Banda Larga como um direito e um bem público. Apoio à “Campanha Banda Larga, um direito seu”. O Plano Nacional de Banda Larga é uma iniciativa positiva do Governo Federal e um instrumento de inclusão digital, mas necessita aprimoramento para explorar toda a potencialidade da rede mundial de computadores.

- Revisão dos critérios de distribuição das verbas publicitárias dos órgãos públicos. Além dos critérios mercadológicos devem ser considerados mecanismos visando fortalecer a diversidade e a pluralidade. A verba publicitária deve ser usada também para estimular a difusão dos veículos alternativos e dos movimentos sociais. Criação de uma linha de publicidade pública para blogs.

- Estímulo à rádiodifusão comunitária e simplificação de sua regularização.

- Implementação de políticas públicas de incentivo à blogosfera e à diversidade informativa no país.

- Indicação de um representante dos blogueiros progressistas para a representação da mídia digital no Conselho de Comunicação.

- Apoio aos fóruns populares e de movimentos sociais, em especial aos unitários, voltados para a defesa da democratização da mídia.

- Criação da Associação Estadual de Blogueiros Progressistas.

- Realização de Encontro Anual de Blogueiros Progressistas, produtores de conteúdo na internet e participantes de redes sociais.

- Criação de uma Central Nacional de Associações de Blogs Progressistas.

- Os blogueiros progressistas da Bahia e sua associação utilizam, difundem e defendem o uso de plataformas abertas para o desenvolvimento de suas atividades e comunidades na rede mundial de computadores.

Salvador, 11 de junho de 2011”

Nenhum comentário: