LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Comissão de Saúde da Alba entrega relatório ao presidente Marcelo Nilo

O primeiro relatório de comissões parlamentares da Assembleia Legislativa da Bahia foi entregue na noite de ontem, quarta-feira (17), ao presidente da Casa, o deputado Marcelo Nilo. Com a participação dos titulares e suplentes, a bancada da Comissão de Saúde e Saneamento assegurou o relatório técnico - que registra as proposições e as eventuais falhas detectadas do setor para que sejam apreciadas e aprimoradas. O parlamentar petista Marcelino Galo destaca a importância dos trabalhos desenvolvidos pelo colegiado nesses sete meses de atuação e lembra projeto de lei que tramita na Alba.

 

"Essa comissão é uma das mais atuantes e protagonizou debates de interesse social, visitamos hospitais na capital e do interior, cumprindo cronograma e conhecendo um pouco mais as dificuldades e os avanços da saúde pública - mas ainda temos muito para fazer", afirma Galo. O deputado cita o projeto de lei de sua autoria, que já passou pela Comissão de Saúde, onde defende que as pessoas que enxergam com apenas um dos olhos devam ter os mesmos direitos dos portadores de qualquer outro tipo de necessidade especial e que já são amparados pelo Decreto Federal nº 3.298/99.

 

A Comissão de Saúde da Alba realizou também audiências públicas com a participação de diretores de hospitais regionais e da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) e tem agenda para cumprir nos municípios de Xique-Xique e Ipiaú, que receberão os deputados estaduais para debaterem a estrutura e as demandas dessas regiões. A visita está marcada para o dia 2 de setembro e 4 de novembro, respectivamente.

 

Ascom do deputado Marcelino Galo

71 3115 7253




Nenhum comentário: