LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Em Ipiaú, deputado participa de reunião com lideranças





O deputado federal Emiliano José participou neste domingo, 02, de reunião promovida pela direção do PT na cidade de Ipiaú. Em debate, temas como pré-candidaturas no município, fortalecimento da UNEB na cidade, saúde, habitação, além das ações dos governos Dilma e Wagner que beneficiam o município.

Na abertura do encontro, que aconteceu na Câmara dos Vereadores, Elinalva Bastos - militante do Partido dos Trabalhadores e pré-candidata à prefeitura da cidade, saudou os presentes e comemorou a presença do deputado federal na reunião. “Temos orgulho em tê-lo como representante da Bahia no Congresso Nacional”, pontuou. Em recente discurso proferido na Câmara, e que ganhou ampla repercussão na região, Emiliano criticou a atuação do prefeito Deraldino, que teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado. No pronunciamento, o parlamentar defendeu uma administração cuidadosa com o dinheiro público. “A vida das pessoas não pode ser objeto de descuidos, desleixos e negligência por parte da gestão pública", reafirmou.

Durante a reunião, as políticas públicas desenvolvidas pelos governos estadual e federal foram lembradas pelo deputado como ferramentas de inclusão social e desenvolvimento no município.” Não podemos esquecer de programas como o Pronaf, o Minha Casa Minha Vida, o Bolsa Família, que têm impacto direto na economia de municípios como Ipiaú”. O que precisamos entender é que este mesmo projeto político, que tem beneficiado os mais pobres no país, precisa ser continuado aqui na cidade”, destacou Emiliano.

Para o presidente do PT em Ipiaú, Orlando Santos, o objetivo de unificar forças com lideranças políticas de maneira a pensar programas de desenvolvimento para a cidade é prioridade. “Temos aqui algumas reivindicações como a situação do Campus da Uneb, a entrega de casas do Programa Minha Casa Minha Vida que não está sendo feita pelo prefeito, a dissolução do conselho municipal de saúde e, por isso, precisamos nos mobilizar”, pontuou o também pré-candidato a vereador.

Emiliano José destacou que, ao fazer os primeiros movimentos de fortalecimento das candidaturas, os pré-candidatos precisam encarnar um projeto político, o mesmo que vem dando certo em níveis estadual e federal. “Precisamos provar à cidade porque o nosso partido é a melhor opção de desenvolvimento para Ipiaú. Creio que estamos no caminho certo”.

Nenhum comentário: