LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

HOMENAGEM COMPRADA - PREFEITO DE IPIAÚ


23

Novembro

Blog desmascara mais uma grande mentira

Por: Márcio Martins (twitter: @marcioitapoanfm)


Mais uma bomba!
 
Depois de ter anunciado que receberá uma homenagem no Rio de Janeiro como um dos 50 melhores gestores do Brasil, o prefeito Deraldino Araújo com certeza não esperava que a nossa reportagem fosse desmascará-lo.
 
Conseguimos conversar com um dos organizadores do evento, do Instituto Biosfera, Dorival Brunny. Por telefone, o diretor da instituição confirmou o que já sabíamos: O prefeito Deraldino Araújo não deveria ter divulgado que estará recebendo a medalha, pois, segundo ele, não foi feita uma confirmação oficial da homenagem. "Somente o Instituto Biosfera poderia fazer a divulgação, ele não estava autorizado a publicar nada", disse Dorival.
 
Na conversa, o organizador é bem claro ao afirmar que "prefeitos com ficha suja não são homenageados, temos situações de outros municípios que a própria população envia e-mails sobre a reputação do gestor e esses são eliminados. Vamos rever a situação de Ipiaú, pois não tínhamos comunicado nada a ele oficialmente", disse.
 
A gravação, com duração de cerca de 10 minutos, vai ao ar nesta quinta-feira (24/11), no programa "Fala Ipiaú", apresentado por Celso Rommel na Rádio Educadora de Ipiaú. Não deixe de ouvir, pois é uma entrevista esclarecedora, para provarmos de vez que os assessores do prefeito mentem todos os dias, criando notícias e potencializando informações para enganar a população. Vamos desmascarar o prefeito de Ipiaú e seus "aspones".

23

Novembro

Bomba! Prefeito de Ipiaú compra homenagem no Rio de Janeiro

Por: Márcio Martins (twitter: @marcioitapoanfm)


Nunca imaginamos que o prefeito de Ipiaú, Deraldino Araújo, teria a capacidade de se utilizar de uma forma tão pequena para chamar a atenção da população através da emissora de rádio na qual ele mantém um programa e divulga as propagandas do seu governo e pessoal também. O www.blogmarcelomartins.com.br acaba de desmascarar a "premiação" que está sendo divulgada amplamente em Ipiaú que o prefeito da cidade estará recebendo no Rio de Janeiro.

Essa semana, para amenizar os desgastes da sua administração, o prefeito Deraldino teve a coragem de descer ao mais baixo nível da vaidade. Ele comprou uma homenagem no Rio de Janeiro por R$ 1.500,00. Isso mesmo minha gente! O valor que o prefeito (ou a prefeitura?) está pagando para receber a "homenagem" tão divulgada na FM Ipiaú por dois assessores que são pagos mensalmente para fazer a propaganda do prefeito e da prefeitura. O valor que está sendo cobrado não foi divulgado em nenhum momento pelos "aspones" radiofônicos.

Depois da informação sobre estranho "premio" do prefeito Deraldino Araújo, fomos investigar e, pasmem, qualquer gestor pode se inscrever pelo site, preenchendo uma simples ficha de inscrição pelo sitewww.biosfera.org.br, pagar R$ 1.500,00 que receberá uma medalha no Rio de Janeiro. Esse valor não inclui passagem,  hospedagem, transporte e alimentação, que naturalmente deverão ser custeados com o dinheiro do povo.

O Instituto Ambiental Biosfera nunca esteve em Ipiaú para constatar nenhum dado oficial sobre o desenvolvimento. Por outro lado, prefeitos das cidades mais pobres e com índices bem abaixo da média nacional também serão "homenageados". Confira abaixo, na ficha de cadastramento, a exigência do pagamento de uma tal taxa de administração, no valor de R$ 1.500,00:


Somente com essa taxa, o Instituto Biosfera embolsa R$ 75.000,00, considerando o pagamento de apenas 50 prefeitos "homenageados", sem contar as verbas de patrocínio e marketing, além dos serviços que o próprio instituto oferece na chegada dos prefeitos no Rio de Janeiro. Ou seja, trata-se de um grande comércio de medalha em nível nacional.

Por outro lado, qualquer prefeito que quiser se inscrever tem apenas duas obrigações: Informar os dados da prefeitura e pagar os R$ 1.500,00 até dia 30/11/2011, enviando o comprovante por fax, conforme prova o próprio documento de inscrição.


recebido por e-mail

Nenhum comentário: