LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

domingo, 27 de novembro de 2011

O Município de Caetanos recebe moderno sistema de abastecimento de água

O município de Caetanos, a 96 km de Vitória da Conquista, recebeu um moderno sistema de abastecimento de água na manhã deste sábado (26), com mais de 1.500 ligações domiciliares feitas, beneficiando pelo menos 10 mil moradores. Segundo o deputado estadual Marcelino Galo (PT), uma das autoridades presentes à inauguração, os investimentos chegaram a R$ 3,8 milhões. "Esta iniciativa do Governo do Estado, por meio do Água para Todos, é de grande importância para este município que terá acesso a um bem precioso que é a água – um elemento fundamental para a garantia da saúde", pontua o deputado Marcelino Galo.

 

O parlamentar petista também comenta que nos governos anteriores a água sempre foi tratada como barganha, "usando o sofrimento da população do semiárido para manter votos". Além de Galo, a inauguração contou com as presenças do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Marcelo Nilo, o governador Jaques Wagner, o senador Walter Pinheiro e outras autoridades. O presidente da Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), Bento Ribeiro Filho, também acompanhou a comitiva do governador em Caetanos e falou sobre a ação. "Esta é uma obra de grande impacto para o município que levará água em quantidade e qualidade para a população que sempre sofre com a seca", afirma.

 

Estiagem no Sudoeste

No mês de setembro, Caetanos, que possui mais de 14 mil habitantes, e mais 26 municípios do sudoeste baiano decretaram estado de emergência devido à estiagem, chegando a 150 dias consecutivos sem chuva. Na época, o Governo da Bahia apoiou a construção de cisternas emergenciais e convênio com carros pipa, além do sistema de abastecimento, inaugurado neste sábado.  

 


Ascom do deputado Marcelino Galo

71 3115 7253



Nenhum comentário: