LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

domingo, 27 de novembro de 2011

PT GANHA TENDÊNCIA MAIS SOCIALISTA

Fonte: Blog Água Preta

O principal foco de debates no congresso estadual da nova tendência ideológica do Partidos dos Trabalhadores, realizado neste domingo (27) no Marazul Hotel, em Salvador, foi a retomada mais intensa do socialismo como bandeira ideológica para o partido. O encontro nacional que funda a nova tendência, situada mais à esquerda dentro da própria legenda, acontece no próximo final de semana em São Paulo. O evento na capital baiana foi considerado uma prévia e reuniu as principais lideranças do novo agrupamento.

Além dos integrantes da nova tendência, o congresso teve a participação de militantes de outras correntes ideológicas do partido, como o senador Walter Pinheiro, os deputados federal Rui Costa, e estaduais Marcelino Galo e Luiza Maia, e o vereador Gilmar Santiago, além da secretária estadual de Políticas das Mulheres, Vera Lúcia Barbosa, o prefeito de Arataca, Rozano Sá, e os vice-prefeitos de Bom Jesus da Lapa, Hildebrando dos Santos, e de Uruçuca, Fernanda Silva.

Conforme explicou o deputado federal Valmir Assunção, um dos articuladores da nova tendência trata-se de um evento que consolida o processo democrático dentro do próprio PT. “Temos que ter uma tendência que consolida a nossa ideologia, que é a firmeza do socialismo com a força dos movimentos sociais, alicerçada na força do diálogo e lutando por políticas públicas”, disse.

Para o senador Walter Pinheiro, "é importante o surgimento de correntes de pensamento, que vão construindo a democracia interna do partido". No vídeo divulgado no facebook pelo jornalista Ernesto Marques, Pinheiro aparece no congresso estadual afirmando que a contribuição da nova tendência não é interna, "mas externa, do projeto de futuro do país".

Valmir explicou, ainda, que a nova tendência, cujo nome ainda não foi definido, já está presente em 17 estados que confirmaram delegações no congresso nacional em São Paulo, que vai acontecer no Centro de Formação Florestan Fernandes, ligado ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra (MST). “Estamos construindo uma tendência que tem o compromisso com a luta dos movimentos sociais”, finalizou.

Foto: Adilson Fonseca

Fonte: Bahia Todo Dia

Nenhum comentário: