LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

“Eu fui um trabalhador rural e hoje estou aqui porque acreditei”



fevereiro 14, 2012   JORNAL INFORME ON LINE   COMENTÁRIOS NO INFORME

Presença garantida na Caravana da Cidadania, Orlando Santos, presidente do Partido dos Trabalhadores de Ipiaú, PT,  citou a sua vida como exemplo para os moradores da Vila Esperança em Ipiaú. "Eu fui um trabalhador rural, hoje estou aqui por que acreditei que poderia crescer. Fico muito satisfeito de ver vocês acreditarem nos seus sonhos e espero que a gente possa caminhar juntos para um futuro melhor", diz Orlando.


por e-mail.



Nenhum comentário: