LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Povo lotou Clube dos Desbravadores no Bairro Novo para participar da Caravana da Cidadania


A Caravana da Cidadania ouviu atentamente a comunidade do maior bairro de Ipiaú, o Euclídes Neto, na noite desta quinta feira 02, no clube dos Desbravadores.
Conhecido como bairro Novo, o local segundo moradores, está mais para “bairro velho” devido ao descaso municipal. “Falta médico nos postos de saúde o tempo todo. Toda vez que chegamos lá, mandam a gente recorrer a outro lugar ou voltar depois”, afirma Virgínia, moradora bairronovense. Dentre os desabafos, a população do bairro destacou a falta de opções para lazer, ausência de políticas de segurança pública, saneamento básico, tráfico de drogas e o desemprego que assola boa parte das famílias locais.
Na ocasião estiveram presentes representantes dos mais diversos partidos de oposição a atual gestão do município, como o empresário Cezário Costa (PDT), o presidente do Partido dos Trabalhadores, Orlando Santos e a pré-candidata do PT Elinalva Bastos, Robson Moreira(DEM), João Grilo(PC do B), o presidente da Câmara Raimundo Menezes dentre outras lideranças e simpatizantes das legendas.
O próximo encontro da Caravana da Cidadania está previsto para a próxima semana em mais um bairro que carece de atenção do poder público municipal que de acordo com depoimentos, parece ter esquecido dos mais necessitados.

Nenhum comentário: