LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 30 de março de 2012

EMPRESÁRIO REVELA QUE CHEFE DO ESQUEMA DEU 1 MILHÃO DE REAIS A SENADOR AGRIPINO MAIA DO DEM



José Agripino e Carlos Augusto Rosado.

No dia 24 de novembro de 2011 o Ministério Público Estadual deflagrou a Operação Sinal Fechado, um esquema criminoso montado no Detran/RN que pretendia faturar em torno de um bilhão de reais em dez anos. Na ocasião foram presos políticos, empresários e servidores públicos. O ex-assessor de José Serra e suplente do senador José Agripino Maia, João Faustino, era um deles. Outro era o empresário José Gilmar Carvalho Lopes, conhecido como Gilmar da Montana. Pois bem, no depoimento ao MPE, o empresário revelou que o advogado e chefe do esquema George Anderson Olímpio de Carvalho entregou 1 milhão de reais ao senador José Agripino Maia no sótão de seu apartamento.
“O próprio advogado me contou”, disse Carvalho Lopes.

Isso é grave. E agora, Zé?
Mais detalhes, clique aqui.


Via http://www.ailtonmedeiros.com.br

Nenhum comentário: