LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 15 de maio de 2012

Gurgel errou datas no inquérito contra Demóstenes


O Procurador-Geral da República (PGR), Roberto Gurgel, errou datas no requerimento para abrir o inquérito 3430 no Supremo Tribunal Federal, contra Demóstenes Torres.

Na exposição de fatos, ele cita diálogos de 2011 como se fossem de 2010.

Seria ato falho, daqueles que Freud explica? O desejo inconsciente de que houvesse investigações em curso durante o ano de 2010?

As explicações do Dr. Gurgel e de sua esposa Dra. Cláudia Sampaio para engavetarem a Operação Vegas em 2009, são no sentido de não atrapalhar outras investigações em curso. Porém não haviam outras investigações em curso.

Com o engavetamento em 2009, a organização criminosa continuou operando durante um ano, sem ser incomodada por nenhuma investigação federal.

Ainda que não houvessem elementos fundamentados no código penal para pedir inquérito contra parlamentares com foro privilegiado, o PGR deveria ter requisitado investigações complementares sobre os demais membros da organização criminosa sem foro privilegiado, o que não foi feito.

Com essa sequências de erros, receia-se que o trabalho do advogado de Demóstenes Torres para invalidar provas, acabe sendo facilitado.

Fonte: Os amigos do Presidente Lula

Nenhum comentário: