LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 14 de junho de 2012


Nota Pública do Instituto Cultural Steve Biko

Rua do Paço, no 04, Largo do Carmo/Pelourinho.
CEP: 40.025-280, Salvador – Bahia – Brasil
Telefonefax: (0xx71) -3241 8708 ou 32423230
Data de Fundação: 31/07/1992 .
www.stevebiko.org.br

NOTA PÚBLICA

Salvador, 13 de Junho de 2012

Diante noticias veiculadas no dia 13/06/2012, em um expressivo número de blogs e websites, informando que o Partido Verde indicará a senhora Célia Sacramento como candidata a vice-prefeita na chapa do candidato do Partido Democrata (DEM), constatamos um grave erro na notícia que considera a referida senhora como fundadora e até mesmo presidente do Instituto Cultural Steve Biko.
Cientes dessas informações inverídicas, declaramos que a senhora Célia Sacramento não é membro fundador e não faz parte do quadro diretivo do Instituto Cultural Steve Biko. Essa nota tem por objetivo dirimir qualquer dúvida que, porventura seja motivada por documentos ou declarações que informem a participação da senhora Célia Sacramento como membro da direção ou como fundadora dessa instituição. Além disso, a referida senhora está desautorizada a falar em nome do Instituto Cultural Steve Biko ou utilizar o nome dessa organização em materiais publicitários de qualquer natureza, em especial para fins político-partidários.
Ademais, surpreende-nos e nos causa perplexidade, a tentativa de vinculação do legado de 20 anos de promoção de ações afirmativas do Instituto Cultural Steve Biko a projetos político-partidários que se posicionam contra os avanços sociais da população negra, a exemplo das cotas raciais nas universidades públicas.
O atual posicionamento político da senhora Célia Sacramento não encontra respaldo nos princípios éticos, filosóficos e políticos que norteiam nossas ações e fizeram do Instituto Cultural Steve Biko uma referência nacional e internacional na promoção do antirracismo e dos direitos humanos.
Consideramos que o respeito a esse legado nos torna, permanentemente, vigilantes às possíveis vinculações de nossa imagem institucional a indivíduos ou organizações que não espelham os valores, objetivos e a missão do Instituto Cultural Steve Biko.
Atenciosamente,
Jucy Silva
Diretora Executiva do Instituto Cultural Steve Biko

Nenhum comentário: