LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sábado, 13 de outubro de 2012

Marcelino Galo busca parceira da Chesf em Recife para implantação da Univasf em Sobradinho

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) e o coordenador do Fórum de Desenvolvimento do Entorno do Lago de Sobradinho, Welton Rocha, estiveram na tarde desta quinta-feira (11), em Recife, para solicitar o apoio do presidente da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), João Bosco, na implantação do campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) no município de Sobradinho. A intenção é ter a parceria da Companhia para garantir a unidade e os beneficiamentos para diversos setores de produção da região.

 

"Sobradinho é um município estratégico e detém condições propícias para a implantação do projeto. A cidade possui potencial hidroenergético e a região tem vocação para fruticultura irrigada,  pesca, piscicultura, caprinovinocultura, além da existência do parque eólico na região e a potencialidade para outros tipos de energia alternativa. A implantação de um campus da universidade vai trazer ainda mais desenvolvimento", afirma o parlamentar petista. Durante a reunião, Bosco informou que a Chesf entrará como uma das construtoras do projeto cedendo ativos para toda a parte de infraestrutura, como galpões e terrenos, e já autorizou, inclusive, o levantamento dos estudos para a implantação da unidade no município.

 

A universidade, que já tem unidades nos municípios de Juazeiro e Petrolina, onde desenvolve projetos na área de pesca e aqüicultura na região do Vale do São Francisco, irá contribuir para o incremento econômico, além de ministrar o ensino superior, desenvolver pesquisas nas diversas áreas do conhecimento e promover a extensão universitária na região. A reunião contou também com a participação do professor Rogério Campos, representando a Univasf e do prefeito eleito, Luiz Vicente Berti.

 

Keila Ramos

Ascom do deputado Marcelino Galo

www.marcelinogalo.com

71 3115 5596


Nenhum comentário: