LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O PT de Pelegrino foi o mais votado em todo o Brasil


Os petistas tem tudo para voltar com todo peso às ruas. Os números não mentem. O PT passou de 16,5 milhões de votos em 2008, para 17,2 milhões em 2012. Prefeitos do PT foram eleitos em 624 municípios contra 550 no primeiro turno de 2008. Nas capitais, o PT é a legenda que mais conquistou cadeiras de vereadores.

No segundo turno a participação do PT será expressiva. Eleitores de 50 municípios, 31,7 milhões de pessoas, voltarão às urnas em 28 de outubro para escolher seus prefeitos entre os dois candidatos mais votados no primeiro turno.

O PT passou para o segundo turno em 22 municípios, 5 capitais e 17 cidades com mais de 200 mil habitantes.

O PT só tem o que comemorar. Com 32 anos de história, elegeu dois presidentes da República e tem a maior bancada na Câmara Federal, com 88 deputados e deputadas.

Os resultados deste primeiro turno das eleições municipais são significativos e mostram uma forte presença do PT no país. Tudo leva a crer que os militantes estarão nas ruas disputando os votos com os direitistas, fanáticos, reacionários e uma elite ególatra e sem discernimento.

Nenhum comentário: