LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 19 de março de 2013

Novo ataque privatizante contra a Petrobras - Por que os tucanos não podem voltar a governar o Brasil

 Duas postagens do Blog Bahia de Fato

19 de março de 2013


Novo ataque privatizante contra a Petrobras


Está no portal Brasil247. O jornalista, escritor e ex-deputado federal Emiliano José (PT-BA) no artigo “Barulho privatizante contra a Petrobras” critica duramente a posição do PSDB em relação à Petrobras. Beira à irresponsabilidade, ao descaso com o patrimônio público brasileiro, ao desprezo com o interesse nacional. Com Lula e Dilma a Petrobras tornou-se uma das maiores companhias petrolíferas do mundo.
Como é possível atacar a Petrobras? Aécio Neves não tem memória? Deu amnésia política? Perdeu a vergonha? Foi no governo FHC que ocorreu o afundamento da P-36, a maior plataforma do mundo naquele momento. Morreram 11 petroleiros. Pagaram com a vida a irresponsabilidade do governo FHC. Um prejuízo de US$ 350 milhões de dólares.

Quanto ao valor da empresa, em 2002 a Petrobras valia 15,5 bilhões de dólares. Em 2012, seu valor subiu para 126 bilhões de dólares. Esses números revelam o que foi o trabalho da gestão tucana, medíocre, e o que foi a administração Lula/Dilma.
Como o PSDB e a mídia podem criticar o lucro da empresa? Em 2012, de R$ 21,2 bilhões, em 2002, cerca de R$ 8,1 bilhões. E agora, José? Quanto a investimentos, que é sempre bom comparar, em 2002, a empresa investiu R$ 18,9 bilhões. Em 2012, chegou a investir R$ 84,1 bilhões. 

Em 2002, a Petrobras tinha 46,6 mil trabalhadores, em 2012 a Petrobras tem 84,7 mil trabalhadores.
Eles são contra a Petrobras, contra os petroleiros e contra o patrimônio público brasileiro.


Nenhum comentário: