LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

segunda-feira, 15 de abril de 2013

“Moema Gramacho no governo deve aprimorar o combate à pobreza”, diz Galo



[Política] - 15.04.2013

"Moema Gramacho no governo deve aprimorar o combate à pobreza", diz Galo

 

O concorrido ato de posse da nova secretária estadual de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, a ex-prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), nesta segunda-feira (15), reuniu, na Fundação Luiz Eduardo Magalhães (Flem), políticos, secretários de estado, militantes petistas e o governador Jaques Wagner, que assinou o termo de posse da nova titular da pasta. O deputado estadual Marcelino Galo (PT), presente no evento, destacou a importância da gestão de Moema em Lauro de Freitas e afirmou que ela vai aprimorar o combate à pobreza no estado.

 

"Moema vem de oito anos de gestão em um município que é referência nas ações socioeconômicas da Região Metropolitana de Salvador. Ela foi deputada estadual e sabe muito sobre as demandas da pasta, que são fundamentais para o desenvolvimento da Bahia. Com certeza a sua presença no quadro de secretários do governador Wagner vai auxiliar no aprimoramento das ações da Secretaria", destaca o parlamentar.

 

Antes de empossar a nova secretária, o governador Jaques Wagner falou sobre sua indicação. "Como eu disse, essa é uma mudança que já era esperada, havia uma interinidade da secretária Mara e eu estava esperando o momento correto. Tomei a decisão em função de Moema ser uma grande gestora, que saiu muito bem avaliada do município de Lauro de Freitas e fez um trabalho com a cara muito para o social, com uma visão de inclusão produtiva, que é o foco que a gente tem que ter".

 

Para Moema, a Sedes deve seguir as ações em andamento e continuar o projeto de erradicação da fome. "O combate à fome é uma ação estadual e vem do projeto nacional. Nessa primeira semana vou me interar de todos os programas e projetos que estão sendo realizados. Já existe um planejamento estratégico até 2023, mas nós vamos dentro desse planejamento pensar ações que podem ser feitas a curto e médio prazo", afirma a nova secretária.

 

Ascom do deputado Marcelino Galo

www.marcelinogalo.com

71 3115 5596

 

Nenhum comentário: