LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Dilma é a segunda mulher mais influente do mundo, segundo a Forbes


Dilma é a segunda mulher mais influente do mundo, segundo a Forbes

d
A presidente Dilma Rousseff aparece como a segunda mulher mais poderosa do mundo no ranking anual da revista Forbes, divulgado nesta quarta-feira (22). Em primeiro lugar figura a chanceler alemã, Angela Merkel, pelo terceiro ano consecutivo. Em 2012 e 2011, a presidente brasileira ficou na terceira posição, atrás ainda de Hillary Clinton, que caiu para o quinto lugar após perder o cargo de secretária de Estado americano. A presidente da Petrobras, Maria Graças Foster, está na 18ª posição da lista. Em terceiro e quarto lugar, estão respectivamente Melinda Gates, que preside ao lado do marido a Bill and Melinda Gates Foundation, e a primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama. A chefe do Executivo argentino, Cristina Kirchner, caiu dez posições e aparece na 26ª posição do ranking em 2013. Informações de O Globo.

Nenhum comentário: