LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Você conhece a campanha pela Reforma Política?



Companheir@, 




O Partido dos Trabalhadores lançou esse ano a Campanha pela Reforma Política no país.
Nosso objetivo é atingir 1,5 milhão de assinaturas. Os principais pontos da proposta são:
  1. Financiamento público exclusivo de campanhas políticas 
  2. Voto em lista preordenada para os parlamentos 
  3. Aumento compulsório da participação feminina nas candidaturas 
  4. Convocação de Assembléia Constituinte exclusiva sobre Reforma Política
Acompanhe os perfis do partido nas Redes e faça parte desse movimento.
Sua participação é fundamental para o sucesso desta empreitada! 
 
 
Site PT Facebook PT Twitter PT
 
Rui Falcão
Presidente do PT
Alberto Cantalice
Vice Presidente e Coordenador da
Campanha pela Reforma Política

Nenhum comentário: