LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Greve Geral: Tendência do PT radicaliza e mobiliza para protestos em diferentes regiões da Bahia


O Movimento PT, tendência interna do Partido dos Trabalhadores, radicaliza nas suas ações e mobiliza seus militantes em diferentes regiões da Bahia. Os setores da pesca, agricultura familiar, de luta pela terra, dos direitos humanos de grupos LGBTs, de moradia digna e os estudantes realizarão protestos nesta quinta-feira (11), seguindo as diretrizes nacionais para a chamada greve geral. De acordo com o deputado estadual Marcelino Galo (PT), membros da agremiação partidária, as regiões dos Sudoeste, Chapada Diamantina, Norte, Sul, Região Metropolitana de Salvador (RMS) e as que englobam as localidades de Bom Jesus da Lapa e do Médio São Francisco vão para as ruas cobrar demandas. “Esses militantes levarão diversos assuntos para que voltem à pauta no Congresso Nacional, como as reformas agrária e política, democratização do acesso à informação, limite de propriedade de terras, defesa da não criminalização dos movimentos sociais e mais ações e recursos para programas que envolvam a melhoria da educação, saúde e segurança pública”, pontua Galo, que participa, na quinta, em Salvador, de caminhada com grupos da RMS, como os membros do Movimento de Luta Por Moradia Digna, pescadores, marisqueiras e representantes de grupos feministas e estudantes. Estudantes querem tarifa menor em IlhéusNo município de Ilhéus, os estudantes cobrarão a redução da passagem de ônibus, meia passagem ilimitada, regularização da entrega da merenda escolar, atendimento nas unidades de saúde (que não estão acontecendo na cidade), além de maior participação no Pacto Federativo (maior repasse da verba da União para os municípios). De acordo com o representante Movimento Estudantil Reúne Ilhéus, Danilo Oliveira, “são esperadas cerca de 10 mil pessoas para o protesto que tem concentração na Praça da Catedral, às 14h”. Ceta promete parar a Chapada DiamantinaCerca de 500 pessoas participam, na quinta (11), de manifestação no município de Marcionílio Souza, na Chapada Diamantina. De acordo com a representante do Movimento dos Acampados e Assentados e Quilombolas da Bahia (Ceta), Nólia Oliveira, além da contínua luta pela reforma agrária, os movimento de luta pela terra vão cobrar também o retorno dos créditos para infraestrutura dos assentamentos. “O Incra nacional suspendeu créditos voltados para os assentamentos e pedimos que esses recursos voltem a ser disponibilizados para as construções e reformas de moradias, instalação do crédito semiárido, com a construção de cisternas individuais, e o crédito de apoio para as infraestruturas”, pontua. Barcada promete 120 embarcações na BTSA Federação das Associações, Sindicatos e Colônias de Pescadores e Pescadoras do Estado da Bahia (Fapesca-Bahia) vai levar cerca de 120 embarcações para as águas da Baía de Todos os Santos (BTS) como forma de mobilização das ilhas de Bom Jesus dos Passos, Ilha dos Frades, Acupe, Madre de Deus, São Francisco do Conde e Salinas da Margarida. “Vamos protestar contra as ações da Superintendência Federal da Pesca que não atendam aos nossos interesses”, declara o presidente da Fapesca, Antônio Jorge. Ascom do deputado Marcelino Galowww.marcelinogalo.com

Recebido por e-mail


Nenhum comentário: