LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 9 de julho de 2013

Mensalão da Globo chega à TV aberta

Enviado por  on 05/07/2013 – 9:44 pm


O jornal da Record apresentou na edição desta sexta-feira reportagem sobre o “mensalão” da Globo. Este é o nome fantasia que este blog criou para se referir ao caso da sonegação milionária do poderoso grupo de mídia, num furo que poderíamos chamar de Globogate e pelo qual  O Cafezinho teve a honra de ser o responsável. Diferentemente da Folha, que deu a matéria sem dar o devido crédito, a Record informou que o furo foi publicado no blog O Cafezinho, e exibiu a imagem do post.
Na introdução da matéria, Vianna lembra que as manifestações populares vistas no país também questionaram a Globo. E traz cenas dos manifestantes diante da sede da emissora, no protesto que realizamos na última quarta-feira (3 de julho).
A reportagem mostra os documentos da Receita Federal que comprovam a tentativa da Globo de lesar o fisco. As frases são pinçadas e ampliadas, para explicar visualmente às pessoas o que aconteceu.
A reportagem ajudará a pressionar o Ministério Público a investigar o caso. O deputado federal Protógenes Queiroz aparece segurando os documentos vazados, declarando que irá consultar o MP e a Polícia Federal sobre o assunto. Ele vê gravidade suficiente para pedir a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)


Fonte: O Cafezinho

Nenhum comentário: