LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

terça-feira, 19 de agosto de 2014

JN e Bonner versus Dilma

Comentar sobre a entrevista do Jornal Nacional com Dilma fica para outras postagens. Bom mesmo é ler na Folha de São Paulo, a análise feita sobre o evento.
Quem tem capacidade para governar o Brasil, sabe melhor que ninguém com quem está lidando na hora da entrevista.

Como não sou assinante da Folha, para ler a notícia, clique no link abaixo.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/181398-em-seu-habitat-presidente-ganha-na-tatica-e-na-estrategia.shtml



Nenhum comentário: