LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Zilton Rocha e Bete Wagner declaram apoio a Marcelino Galo


Além de Zilton Rocha e Bete Wagner também já declaram apoio a candidatura de Marcelino Galo para Assembleia Legislativa Walter Takemoto, do Movimento Passe Livre,e João Carlos Sales, reitor eleito da UFBA.


Foto: Divulgação.Zilton Rocha e Bete Wagner declaram voto e apoio a Marcelino Galo.











 O deputado estadual Marcelino Galo (PT) vem conseguindo apoios importantes para a sua reeleição. Depois de receber o apoio de Bete Wagner, ambientalista e ex vice-prefeita de Salvador, agora foi à vez do professor e ex-deputado estadual Zilton Rocha declarar apoio ao candidato petista. “Como professor entendo que a atividade política é um exercício de cidadania e o mandato de Marcelino Galo dignifica a política e os baianos. Marcelino se destaca por sua relação profunda com os movimentos sociais e sua atuação parlamentar comprometida com a educação, a cultura e o meio ambiente, abrindo espaços importantes para catadores, pescadores, marisqueiras e os trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade. Por isso resolvi apoiá-lo. Eu estou com o Galo”, afirmou Zilton Rocha.
“Tenho testemunhado o trabalho incansável e comprometido de Marcelino Galo, sempre em torno do bem comum e de questões que são decisivas para nossas vidas e das nossas cidades, como o meio ambiente e a cultura. Gostaria, com muita convicção e compreensão do significado das nossas escolhas, de convidar cada um e cada uma de vocês, para se integrar à campanha de Marcelino Galo para Deputado Estadual. Sei, por experiência vivida, que um mandato como este é um mandato nosso, é um espaço garantido para as nossas ações coletivas”, referendou a ambientalista Bete Wagner, que se filiou ao PT a convite de Marcelino.
“Esses são apoios que me honram. Ter Bete e Zilton nos apoiando é caminhar ao lado de duas pessoas que representam uma parte importante da história de luta do povo baiano, dois alicerces morais. No próximo mandato vamos aprofundar a luta ambientalista e ampliar as ações nas áreas da arte, cultura e educação. Assumi esses compromissos com eles e com os nossos eleitores. Estou muito feliz e agradecido”, afirmou Galo, que lança sua candidatura a Assembleia Legislativa da Bahia neste sábado (2), às 9 horas, em seu comitê de campanha no Rio Vermelho.
Fonte: Galo

Nenhum comentário: