LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

​Marcelino Galo pede apoio do governo para alunos do Bolshoi


​​
Marcelino Galo pede apoio do governo para alunos do Bolshoi






















 O apoio do governo do estado para o custeio das despesas dos alunos baianos da Escola Bolshoi no Brasil, instalada em Joinville há 14 anos, foi a pauta do debate na manhã desta segunda-feira (26) entre o deputado estadual Marcelino Galo (PT) e o secretário de cultura Jorge Portugal.

"A suspensão deste apoio implica no atraso de uma formação que já estava em curso. A grande maioria desses alunos não teria a menor condição de se manter lá sem essa ajuda do governo", explica o deputado petista. Desde 2012 o repasse do recurso vinha sendo feito através da Secretaria de Cultura, porém, nos três últimos meses, ficou a cargo da Fundação Cultural do Estado (FUNCEB) e agora, com a mudança de governo, esta ajuda está suspensa.
Atualmente a Escola Bolshoi, única filial da escola Russa no Brasil, acolhe crianças e jovens de todas as regiões e também de outros países, proporcionando formação e cultura por meio da dança. "A disponibilidade contínua desse recurso para auxiliar os alunos representa o futuro para vários meninos que não teriam oportunidade se não fosse por esse caminho", afirma Galo.

O secretário garantiu a manutenção da ajuda financeira para os alunos na cidade, já que a escola garante apenas o custeio dos estudos.

​Fonte: Recebido por e-mail​

Nenhum comentário: