LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

sexta-feira, 5 de junho de 2015

Fim da imunidade tributária para as entidades religiosas (igrejas)


​​
Eu apoio essa ideia
​.

 ATEA <atea@atea.org.br> escreveu:

Estamos​
apoiando a ideia legislativa que objetiva colocar em pauta no senado a discussão sobre o fim da imunidade tributária para as entidades religiosas.

Para apoiar, preencha o seu nome e email no site do senado clicando no link abaixo:

http://www12.senado.gov.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=38723

Sabemos da dificuldade de obtermos sucesso, mas é importante utilizarmos todos recursos que nos são disponíveis no momento.

Também é importante compartilhar a ideia legislativa com os seus contatos. Ajude a multiplicar ainda mais esta importante campanha entre seus parentes, amigos, colegas de trabalho e de universidade, porque a ideia somente será discutida no Senado Federal se atingir 20 mil apoiamentos.

Apoie, mas também divulgue em suas redes sociais, blogs, sites, jornais, para que mais pessoas tomem conhecimento e votem pela extinção do privilégio fiscal das igrejas.

Solicitamos também aos que se associaram entre 2008 e 2012 a fazerem o login na página da Atea para atualizar seus dados cadastrais.
Caso encontrem alguma dificuldade, por favor enviem os novos dados para este e-mail.

Obrigado! Sua participação e contribuição possibilita a continuação do funcionamento das nossas atividades.


Atenciosamente,

Equipe de Suporte ATEA
www.atea.org.br

​Recebido por e-mail​

Nenhum comentário: