LULA 2018

"Lula é odiado porque deveria dar errado e deixar em paz as elites para seguirem governando o Brasil por muito tempo. Um ódio de classe porque ele é nordestino, de origem pobre, operário metalúrgico, de esquerda, líder máximo do PT, que deu mais certo do que qualquer outro como presidente do Brasil. Odeiam nele o pobre, o nordestino, o trabalhador, o esquerdista. Odeiam nele a empatia que ele tem com o povo, sua facilidade de comunicação com o povo, a popularidade insuperável que o Lula tem no Brasil. O prestígio que nenhum outro político brasileiro teve no mundo", diz Emir Sader, em resposta aos que já o apontam como ameaça à democracia, de olho em 2018; "Quem odeia o Lula, odeia o povo brasileiro, odeia o Brasil, odeia a democracia"

REVISTA BR247 EDIÇÃO #29 - 6 DE MARÇO DE 2015

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Dom Murilo Krieger declara apoio a Agroecologia na Bahia

O Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, declarou, nesta quinta-feira (28), apoio ao Projeto de Lei nº 21.916/2016, de autoria do deputado Marcelino Galo (PT), que institui a Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica de alimentos na Bahia. Krieger esteve reunido com Galo e com o ex-deputado Yulo Oiticica na Cúria Arquidiocesana de Salvador. O Arcebispo também conheceu outras 4 proposições de Galo que dialogam com o PL da agroecologia e produção orgânica, entre elas as que visam regulamentar o uso de agrotóxicos, proibir o uso das substâncias banidas em seus países de origens e a pulverização aérea desses princípios ativos na Bahia.

"Acredito que esse projeto vem num momento propício, em que as questões ambientais permeiam a sociedade. Eu já havia lido o projeto e achei a proposta muito interessante", destacou Krieger. "O apoio do Papa Francisco, com a encíclica Laudato Si´, e da Igreja em seu conjunto às questões ambientais é muito importante. Então viemos apresentar nossos projetos para regulamentar o uso de agrotóxicos na Bahia, especialmente a Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica e pedir, oficialmente, o apoio de Dom Murilo e de toda Igreja", afirmou Marcelino Galo, que é engenheiro agrônomo e coordena a Frente Parlamentar Ambientalista da Bahia.


Fotos divulgação / Charles do Carmo
Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário: